12 fevereiro 2016

Nem tudo são facilidades


Fui pedida em casamento no final do ano e marcámos a grande data para o primeiro semestre de 2016. Não é exatamente o que costuma acontecer. Por norma os casamentos levam cerca de um ano a ser planeados e nós teremos cinco meses. Porquê? Porque é que temos tanta pressa em casar? Não temos! Primeiro, tal como vos contei, o dia que escolhemos é um dia especial para a nossa relação. Segundo (e também muito importante) não quero de forma nenhuma que esta fase de preparação do casamento se torne um rol de dramas e indecisões. Não tenho perfil para estar um ano a ver todas as opções e mais algumas, a ter dúvidas, a ver novamente, a enervar-me e coiso e tal. Se é para casar, é para casar!

Ora, uma das grandes dificuldades que enfrentámos por estar a preparar as coisas "em cima da hora" é que a disponibilidade de fornecedores não é a mesma. Quintas lotadíssimas, fotógrafos sem agenda, caterings indisponíveis, e o drama do vestido de noiva que vos contarei noutra ocasião.

Uma vez que escolhemos casar num Palácio, tivemos de contratar o catering à parte. E não foi fácil conjugar o que queríamos: disponibilidade para o nosso dia, um preço que pudéssemos pagar, bom gosto e boas ementas, o máximo de serviços incluídos e referências.

As opções não eram muitas e nenhuma reunia todos os requisitos. Acabámos por fechar contrato com uma empresa pequena e relativamente recente de um casal que já trabalha na área há muitos anos mas que se está a lançar agora por conta própria. E o que é que nos falta? As referências... ninguém que conhecêssemos já tinha trabalhado com eles nem havia muita informação na net. O que fiz foi ligar para alguns dos espaços que já trabalharam com eles que nos disseram que achavam que eles eram bons. E foi nesta dúvida que assinámos o contrato para o catering do nosso dia. Entretanto, temos estado a trabalhar nos detalhes, nos elementos de decoração que queremos, nas ementas e cada vez mais me convenço que fizemos uma ótima escolha. Mas só depois do casamento podemos afirmar com certeza!

E não se zanguem, eu sei que não estou a dar muitos detalhes mas prometo que, passado o grande dia, vos conto onde foi, com quem foi, como foi, em que dia foi, o que recomendo, e tudo, e tudo, e tudo. Para já, ficam as experiências!

27 comentários:

  1. deixa lá, vai correr lindamente. Ás vezes o que corre melhor é sem qualquer preparação. Claro que não podes ir assim aos lobos sem veres muita coisa...mas quanto mais pensas mais duvidas tens. segue os teus instintos. Vais ver que corre bem, o que interessa é que corra bem e que estejas feliz nesse dia. Boa sorte.

    ResponderEliminar
  2. Estou mesmo à espera das publicações sobre a cerimónia em si ^^
    Organizar um casamento é bem mais difícil do que pensei. A minha amiga que vai casar este ano (e eu ainda estou meia em choque) tem a sorte de ter uma quinta na família. Anda desde novembro, se não me engano, a tratar das coisas e casa em 3 meses. Mas ainda bem que as coisas vão andando, porque conheço alguns casais que ficaram com as coisas muito atrasadas devido a orçamentos que nunca mais chegavam. Não sei se é simplesmente despreocupação por parte dos sevriços ou não, mas é muito chato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fogo, parece que há gente com trabalho a mais para se dar ao luxo de perder clientes por inércia... enfim!

      Eliminar
  3. Ah, e espero que o dia corra MUITO bem, assim como o resto da vossa vida juntos :)

    ResponderEliminar
  4. Eu percebo-te, por mim casava já daqui a uma semana pois o casamento na sua essência importa para o casal e faz sentido que assim fosse para nós. Mas como decidimos fazer festa e ainda por cima casaremos longe de onde moramos e implica voos, estadias e tratar de tudo à distância e com oferta limitada teremos quase um ano para o organizar. Tem de ser, não há como o fazer de outra forma. Até porque a data faz sentido para nós.
    Imagino como seja uma verdadeira aventura organizares tudo em tão pouco tempo. Nós temos tido as maiores dificuldades dada a distância e, por isso, incerteza. Mas já vais no bom caminho, se tens data, local e catering isso já está mais do que encaminhado! :)
    Para nós, a maior incerteza tem sido devido ao desconhecimento dos serviços, além dos preços proibitivos, mas começo a acreditar que temos de arriscar porque também ninguém será sem por cento recomendável ou pelo menos não teremos oportunidade de verificar toda e cada uma referência. Só nos resta seguir o nosso instinto, arriscar e confiar que fazemos bem. Há-de correr tudo como desejamos.
    Se eu puder ajudar em alguma coisa avisa, estou disponível.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes temos mesmo de confiar, senão ficamos presos e as coisas não avançam.
      Obrigada pelo teu apoio e, de noiva para noiva, estou também à disposição!

      Eliminar
  5. Deve ser um bocado stressante organizar um casamento :/

    ResponderEliminar
  6. Só de imaginar, dá-me stress :P Boa sorte^^

    ResponderEliminar
  7. Por vezes, até se torna melhor trabalhar com empresas mais pequenas e ainda a começar. Por norma, são mais atenciosos e cuidadosos pois querem causar boa impressão e ver o seu trabalho divulgado! Vai correr tudo bem, vais ver :)

    ResponderEliminar
  8. Vai correr tudo bem;), e empresas pequenas grandes ideias.

    ResponderEliminar
  9. Eu imagino a dor de cabeça que deve de ser preparar um casamento. Tanta coisa para decidir, tanto para escolher, ...

    ResponderEliminar
  10. Ohhh, deve ser stressante planear casamentos mas é o sonho de qualquer mulher certo? Hehe
    Espero que corra tudo bem!
    Beijinhos**

    http://anagalhano.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Vai correr tudo super bem...por ser à "pressão" ainda vai ter um resultado melhor, vais ver ;).
    Beijinhos

    misscokette.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim espero!
      Não quero muitos dramas nem indecisões.
      Sempre a avançar!

      Eliminar
  12. Tenho gostado muito de acompanhar esta tua fase. Ainda falta muito tempo para eu passar pelo mesmo (se é que vou passar), mas acho muita piada. Estou contente por já teres contratado a empresa de catering e fico ainda mais feliz por saber que não te sentes em nada arrependida com as decisões que têm tomado em relação ao vosso grande dia.
    Nomeei-te para uma tag. Gostava muito de ver as tuas respostas. Beijinhos!
    http://confissoesdandreia.blogspot.pt/2016/02/tag-liebster-award-2016-edition.html

    ResponderEliminar
  13. O mais importante é simplificar. No nosso caso, a quinta já tinha o catering incluído e foi mais fácil de preparar. Escolhemos a ementa mas sabíamos e confiávamos em quem nos estava a preparar uma das partes do casamento. Vai tudo correr pelo melhor :)

    ResponderEliminar
  14. Gostei do "se é para casar, é para casar!". Assim é que é!

    ResponderEliminar
  15. Vai tudo correr bem...quando eu casar também quero que seja assim "mais em cima do joelho"..poupamo-nos muito apesar de tudo:)
    Opahh o Palácio...como eu tenho pensado nisso:) Ansiosa por saber mais:)
    Muitos beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  16. Acho que fazes muito bem! Tenho a certeza que vai estar tudo ao vosso gosto e vai ser um dia inesquecivel, mas depois queremos um pequeno sneek peek pelo menos :))
    Bj S

    ResponderEliminar
  17. O importante é que corra tudo muito bem e que seja um dia muito especial. Boa sorte querida*

    ResponderEliminar
  18. E é assim mesmo!
    Não é para contar logo tudo... Só tudo o que diz tudo sem especificar a dedo :D :D
    Mas depois quando passar e então tiveres condições de avaliar o momento, aí sim, podes falar como correu. E dar os contactos, rss. Nunca se sabe quantas noivas #desesperadas por boas referencias poderão encontrar um auxílio na tua experiencia.

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua visita!
Já me visitaste nas redes sociais?
Facebook | Instagram
Ou então por aqui: cat.nemmaisnemmenos@gmail.com

/*pinterest hover button~