09 janeiro 2018

Natal Solidário



Em Dezembro de 2013 andava atarefadíssima a tentar acabar a tese de mestrado que estava p'ralá de atrasada. Não sei como é com vocês mas comigo, quanto mais tenho para fazer mais ideias de coisas novas me ocorrem. E foi assim que desafiei alguns amigos a juntar-se a mim para fazermos um cabaz para oferecer no Natal a uma família que precisasse. Acabámos por fazer 5! Correu tão bem, que repeti a dose em anos seguintes (com interrupção em 2016 apenas).

Este Natal, voltei a desafiar os meus amigos para um Natal solidário. Juntámos o dinheiro, convertemos em bens essenciais - alimentares e de higiene - e em colaboração com a Associação Auxílio e Amizade entregámos os cabazes em mãos a 15 famílias referenciadas.

A entrega foi no Sábado passado. Saímos de lá de coração cheio pela acção mas também com o coração apertado por saber que a Associação continua a lidar com as dificuldades em todos os meses do ano... mas é mesmo assim, vamos fazendo o que podemos e acreditar que estamos a contribuir com a nossa parte.

05 janeiro 2018

Devia estar feliz


...mas não me entusiasmar com nada dos saldos deixa-me assim um bocadinho triste.
Mania de querer gastar dinheiro!

Resoluções para 2018


Gosto de ter objectivos definidos no início de cada ano. Normalmente, acabo por me realizar sobretudo nos objectivos que não defini mas que me foram surgindo, mas ainda assim, é daquelas tradições que quero manter.

Assim, aqui vão algumas resoluções para este ano que está agora a começar!

1. Ler mais! No ano passado consegui regressar às leituras, eu que era tão feliz enquanto leitora assídua e que me entreguei à preguiça e durante meses ignorei os meus fiéis amigos. Um livro por mês e já me darei por feliz!

2. Viajar. Uma viagem que seja, para mudar de ares, descansar, aprender coisas novas, viver uma vida diferente por uns dias.

3. Fazer álbuns digitais. Adoro ver fotos nas minhas mãos, bem mais que nas pastas do computador e os álbuns digitais são tão bons para isso. Mas dão trabalho... Vou tentar fazer dois este ano, de viagens passadas.

4. Investir no meu artesanato. Em 2017 criei imensas peças e até vendi algumas! Sou muito feliz a criar. Quero continuar a produzir os meus miminhos este ano. Sem grandes ambições: duas peças por mês, só para não perder o ritmo.

5. Encetar uma acção solidária. Depois de um interregno em 2016, no ano passado voltei a promover uma acção solidária, na altura do Natal que se concretizou em 10 cabazes alimentares entregues a 10 famílias referenciadas. Este ano é para repetir!

6. Assistir a alguns espectáculos. Seja teatro, bailado, ópera... faz-me tão bem à alma ser inundada pela beleza do talento. Um por trimestre e dou-me por feliz!

7. Escrever, sempre! Tive um final de ano mais paradinho no que toca à escrita. Não só aqui - não é o único espaço de escrita que tenho - mas claramente que o blogue é dos sítios em que mais consigo controlar a assiduidade. Espero manter o blogue actualizado com a regularidade que me for possível e que continue a ser um prazer e uma companhia para mim.

E que venha 2018. com todas as suas surpresas e desafios.
Um bom ano para todos!

04 janeiro 2018

Balanço do Ano

Todos os anos gosto de fazer uma lista de resoluções. Pequenos objectivos, concretizáveis, que acredito que me farão bem. Claro que não posso medir o sucesso dum ano com estes objectivos: na maior parte das vezes, são as surpresas da vida que fazem com que os anos sejam lembrados para sempre com um sorriso nos lábios.

Mas gosto de fazer um balanço no final para perceber até que ponto as minhas determinações do início do ano continuaram a acompanhar-me ao longo dos 365 dias que se seguiram.


Atingi 75% dos meus objectivos. Nada mau! Já tive anos bem piores!
E olhando para os campos de maior insucesso, também não me queixo. Voltei a ler (não tão cedo como pensei que conseguisse mas o mais importante foi reintroduzir este prazer tão grande nos meus dias). Consegui viajar! Destaco também o meu regresso ao artesanato: adoro criar e tenho aprendido imensas coisas novas e experimentado técnicas e materiais que não conhecia. Finalmente, tenho de dar relevância ao facto de ter conseguido correr 8km seguidos! Lembro-me de mal conseguir correr 1, por isso tentem imaginar a vitória que este ponto é para mim!

E depois há todas as coisas que foram acontecendo e que fui concretizando e que nem estavam na minha lista. Estas surpresas que são tão boas e que a vida traz!
Que 2018 seja pelo menos tão bom como 2017.
/*pinterest hover button~