29 outubro 2015

Um dia triste


Ultimamente (e nisto estou a ser simpática porque é já há anos) muito se ouve falar em reestruturações de empresas, em racionalização de recursos, em reorganização estratégica... a maior parte das vezes são meros eufemismos para uma realidade que tem sido incontornável: despedimentos.

Tem sido o pão-nosso-de-cada-dia de muitas empresas e chegou em grande à minha. O estado de espírito de todas as pessoas ao saberem que teríamos de apresentar um corte de custos foi desolador. Instalou-se um medo e uma ansiedade tremenda, que é mais que normal, porque no limite todos estávamos em risco. Eu também.

Mas desta vez também estive de certa forma do outro lado do projecto, ou seja, de quem tem de definir o corte e, nomeadamente, as pessoas que seriam dispensadas (não tomo decisões nem sugiro nomes, mas acompanho o projecto e mensuro os impactos). E não é nada fácil. Cada nome lançado para cima da mesa era como uma faca cravada em quem tinha de tomar a decisão. Mas quem tem poder também tem responsabilidades e as decisões tinham de ser tomadas.

Fui para casa tremendamente abalada. Demorei a adormecer com os nomes a pairarem à minha volta. Dormi mal. Acordei mais conformada e a vida tem de continuar. Claro que custará mais a quem tiver de sofrer as consequências mas não esperava que a tomada de decisão fosse tão dolorosa...


15 comentários:

  1. Que situação :( força nisso, é o teu ganha-pão tem que ser :(

    ResponderEliminar
  2. um beijinho de força, não queremos essas decisões difíceis para nós não é? :/

    ResponderEliminar
  3. É uma situação complicada, não sei como iria lidar com isso :o

    ResponderEliminar
  4. é muito complicado de facto! mas força, vai ficar tudo bem :)
    aproveito para deixar o link novo do blog, caso queiras continuar a seguir! http://ohlalablogpt.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. e ainda por cima perto do natal,, essas famílias vão passar um mau bocado,, maldita crise ,, mas culpa não é tua!!
    gostei muito do blog e ganhaste uma seguidora convido-te a conheceres o meu e a partilhares a tua opinião
    beijinhos
    http://belezademulheremae.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. e ainda por cima perto do natal,, essas famílias vão passar um mau bocado,, maldita crise ,, mas culpa não é tua!!
    gostei muito do blog e ganhaste uma seguidora convido-te a conheceres o meu e a partilhares a tua opinião
    beijinhos
    http://belezademulheremae.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Há sempre aquelas decisões que nos custam :/

    ResponderEliminar
  8. Muito obrigada pela visita volta sempre adorei
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia

    ResponderEliminar
  9. Deve ser horrível ter de tomar esse tipo de decisões...

    ResponderEliminar
  10. Entendo ambos os lados e sinceramente não sei quem sofre mais, um por ser despedido ou o outro por tomar a decisão

    ResponderEliminar
  11. Tal como disseste, quem tem poder tem também responsabilidades, tem de ser.

    ResponderEliminar
  12. Imagino o quanto terrível é. Não gostaria de todo de estar no teu lugar!

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua visita!
Já me visitaste nas redes sociais?
Facebook | Instagram
Ou então por aqui: cat.nemmaisnemmenos@gmail.com

/*pinterest hover button~